Uma rápida olhada pelas postagens do blog e já dá pra notar a preferência que tenho por saias e vestidos. Inúmeros motivos me fazem amar peças assim. Um deles é que consigo favorecer o meu corpo com roupas que possuem caimento amplo da cintura para baixo. Isso porque tenho um modelo de corpo, chamado pelos especialistas de triângulo invertido, em que o quadril é mais estreito do que os ombros. É claro que dá para criar equilíbrio na silhueta usando calça e blusa também, mas, no meu caso, a estima é muito mais uma questão de estilo. Sou fã declarada dos modelos femininos!

Esse vestido foi comprado na Dorothy Perkins, loja londrina com venda virtual e entrega no Brasil (leia o post sobre a compra), e foi usado de outra forma nesse post. Muitas mulheres podem estar se perguntando nesse momento se o plissado e a cor clara do vestido não dão a impressão de corpo aumentado. Sinceramente, eu não tenho medo de parecer maior desde que eu me sinta bem com a roupa que estou vestindo. E eu me senti linda com essa! Mas se você ainda tem um pouco de medo, saiba que pregas na vertical aliadas a tecidos fluidos não costumam agregar volume ao corpo.

ju4_1