Quem nunca se empolgou com uma roupa da vitrine e, ao entrar na loja, se decepcionou por achar somente P ou M nos cabides? Nós, que vestimos tamanhos grandes, sabemos como é difícil encontrar nas fast fashion roupas que não façam parte da linha plus size e que sirvam num corpo GG.

Por esse motivo, fiquei surpresa ao encontrar uma arara em que a maioria dos vestidos era tamanho G e não era plus size! Estava no céu? Não, eu estava na Leader. 

Se um G comum pode vestir facilmente uma pessoa manequim 48, fico sem saber por que as lojas não ampliam logo a grade e começam a vender a mesma roupa em todos os tamanhos. Vai ser muito amor o dia em que pudermos comprar aquele mesmo vestido que a amiga que veste 38 tem sem precisar de uma coleção específica para isso, não é verdade?

VestidoLeader