BestSize-Vestido-PlusSize

Eu já segui regras ditadas pelos manuais de moda. Já fui massacrada pelos tabus do mundo fashion e tive que viver de acordo com o que o gordo “pode ou não pode” usar. Em consequência da censura, passei anos acreditando que não merecia ser bonita e que não podia me sentir bem com o que escolhia para vestir. As coisas só começaram a mudar a partir do momento em que parei para me questionar  quem, afinal,  mandava no meu corpo: a indústria responsável por vender ilusão a todas nós ou eu? Gosto de cores claras, de estampa, de top cropped e não preciso ficar me desculpando com a sociedade toda vez que visto minhas roupas preferidas. Ah! E sou feliz usando listras! Mesmo que elas possam me fazer parecer mais gord… blablabla.  

BestSize-VestidoPlusSize

Acredito que se a roupa é feita com tecido de primeira e tem boa modelagem, ela possui potencial máximo para vestir bem, mesmo se a cor/estampa dela for a mais sem graça do universo para você. Para o look Best Size desse mês, escolhi o vestido listras ombré. Elas são feitas por uma máquina “listradora”, onde os fios não são tingidos e sim tecidos no padrão. Legal, né? Indico esse vestido para aquelas que ainda tem um pouco de medo das famigeradas listras. Com a padronagem no centro e cor nas extremidades, é um bom jeito de começar a experimentá-las, vai por mim!

 BestSize-PlusSizeVestido

Este post é um publieditorial!